UE apoia direito de veto a OGM

Legisladores da União Europeia (UE) votaram pelo fortalecimento do direito dos países do bloco de proibir o cultivo de transgênicos. A Comissão Europeia havia apresentado proposta para que os países pudessem decidir suas políticas para organismos geneticamente modificados (OGMs), numa tentativa de resolver uma longa controvérsia. Conforme diretiva de 2001, os estados seriam autorizados a proibir o cultivo, exceto por motivos de saúde ou de preservação ambiental. Com a emenda aprovada ontem, os legisladores mantém a hipótese de proibição, mas ampliam as justificativas para motivos ambientais locais ou regionais, como resistência aos pesticidas, preservação da biodiversidade ou falta de informação sobre consequências do consumo. A proposta será negociada pelos países. Grécia, França, Áustria e Hungria se opõem ao cultivo e à importação. Outros, como Reino Unido, são favoráveis.
Fonte: Correio do Povo

Anúncios