Corpo de nativista José Cláudio Machado é sepultado em Guaíba

Cantor estava internado desde junho devido a câncer de pulmão

Velório foi na Câmara Municipal de Guaíba<br /><b>Crédito: </b> Bruno Alencastro
Velório foi na Câmara Municipal de Guaíba
Crédito: Bruno Alencastro

O corpo do cantor nativista José Cláudio Machado, 63 anos, foi sepultado nesta terça-feira no Cemitério Municipal de Guaíba. Ele morreu na segunda-feira vítima de câncer de pulmão. Ele estava internado desde junho no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre. O velório ocorreu na Câmara Municipal de Guaíba, onde Machado morava nos últimos anos.

O prefeito de Guaíba, Henrique Tavares, decretou luto oficial de três dias. “O Rio Grande do Sul perdeu um grande artista, mas Guaíba perdeu mais. Também um filho”, lamentou. Amigo do cantor, Milton Jardim, disse que a música gaúcha certamente perde um de seus melhores intérpretes.

Machado fez sua última apresentação em outubro do ano passado, em comemoração aos 84 anos do município, durante a 14ª Expofeira Centro Sul.

Foi o vencedor da Califórnia da Canção Nativa, em 1972, com a música “Pedro Guará”. Machado lançou 15 discos na sua carreira, entre trabalhos próprios, coletâneas e o disco “Isto é Os Serranos”, em 1985, com o grupo Os Serranos. Foi o primeiro trabalho nativista a vender mais de 100 mil cópias e ganhar o Disco de Ouro.

Em 1996, gravou o disco “Milongueando uns troços”, com Bebeto Alves. Também fez parceria com grandes nomes do nativismo, como Luiz Marenco e Jayme Caetano Braun, um de seus melhores amigos.

Em 2004, revisitou sua carreira no DVD “No Meu Rancho”, gravado no sítio onde o compositor morou por mais de 20 anos, em Guaíba. Machado também foi um dos idealizadores do Parque da Harmonia, em Porto Alegre. Em uma de suas últimas entrevistas, afirmou que os eventos realizados no local, como o desfile e o Acampamento Farroupilha haviam perdido o seu sentido original nos últimos anos.

Fonte: Marcos Koboldt / Correio do Povo

Anúncios

3 Comentários

  1. Anônimo said,

    dezembro 15, 2011 às 12:13 am

    grande perda para amusica do rs;tinha o dom de cantar natural;sem precisar estar interpretando;continuaremos a escutá-lo.

  2. delcy jobim said,

    dezembro 15, 2011 às 12:21 am

    grande perda para a musico do Rs;tinha o dom de cantar ao natural;como os passaros o fazem;sua historia tem que surgir num filme; para que muitos mais possamos conhece-lo

  3. Anônimo said,

    dezembro 18, 2011 às 7:55 pm

    infelizmente, perdemos de nosso conviveo mais um grande cantor.no meu entendimento deveria servir de alerta para que devessemos dar mais atençao ao tabagismo.


Deixe uma resposta para delcy jobim Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: