Origem da Cachaça

Locução Bragas
Jr…e olha só a contribuição de um outro parceiro, que acompanha o programa com assiduidade e além disso vem sempre dando sugestões e contribuições prá gente deixa esse programa bem do jeito que a indiada gosta…O Anderson Rosa nos remeteu um texto que fala da origem da cachaça…

Locução Jr
E pelo que conheço esse nosso amigo ele deve ter ido a fundo nessa pesquisa de campo…Brincadeira Anderson, o pai tem razão quando comenta da tua constante participação aqui no Linha Campeira, o que muito nos alegra e ao que somos muito gratos…

Locução Bragas
Pois é Jr, segundo a pesquisa do Anderson, antigamente, no Brasil, para se ter melado, os escravos colocavam o caldo da cana-de-açúcar em um tacho e atracavam fogo. Só que não podiam parar de mexer até que ficasse com uma consistência cremosa.

Bueno… mas aconteceu que certa feita, cansados de tanto mexer e com serviços ainda por terminar, os escravos simplesmente pararam e o melado desandou.

Mas credo… foi um Deus nos acuda… a “negrada” não sabia o que fazer, pois se o feitor descobrisse iam dormir no tronco e ainda por cima de lombo riscado…

Não tiveram outra saída senão esconder o melado estragado bem longe das vistas do feitor. No dia seguinte, encontraram o melado azedo e fermentado. Não pensaram duas vezes e misturaram o tal melado azedo com o novo e levaram os dois ao fogo.

O que eles não sabiam é que o azedo do melado antigo era álcool que aos poucos foi evaporando e formou no teto do engenho umas goteiras que pingavam constantemente. Era a cachaça já formada que pingava. Daí o nome “PINGA” que se denomina a cachaça em várias regiões do país.

Locução Jr
Mas olha aí que baita história…e não é que faz sentido mesmo….

Locução Bragas
Mas peraí que ainda não terminei: Quando a pinga batia nas suas costas marcadas com as chibatadas dos feitores ardia muito, por isso deram o nome de “ÁGUA-ARDENTE”.

Mas dexá que uns mais espertos, resolveram provar a tal da goteira, e perceberam que ficavam alegres e com vontade de dançar e de lá prá cá a fabricação de melado diminuiu uma barbaridade… (Hahaha) em compensação a tal descoberta já é produto de exportação nacional. A fonte de pesquisa foi Museu do Homem do Nordeste.

Locução Jr
Bueno… então já que esse povo tá com vontade de dançar…vamos de música, porque aqui é o Linha Campeira…o teu companheiro de churrasco…

Bloco Campeiro – Expointer

Locução Bragas

Tchê…e tu sabe que no dia 29 de agosto começa a Expointer…essa baita feira que acontece em esteio, ali pertinho de Porto Alegre…e é promovida pele Secretaria de agricultura do Rio Grande do Sul…

 Locução Jr

E pela programação anunciada, dá prá ver que vai ser um baita sucesso. E tem evento prá todo o gosto…Palestras, seminários, leilões e provas funcionais de cavalos das raças árabe, mangalarga e crioulo…

Continue lendo »

Bloco Campeiro – Cachaça

Locução Bragas

Filho… mas já que começamo brincando com o assunto sobre a cachaça…que tu acha da gente falá sério e contá um pouco da historio da marvada…

 Locução Jr

Acho bom, mesmo…senão vão achar que a gente ta incentivando o pessoal…Mas o assunto é interessante…e, prá quem não sabe, a cachaça passa por um processo de fermentação antes de ser destilada…

 Locução Bragas

E os primeiros relatos sobre a fermentação vem dos egípcios antigos. Diz que eles curavam várias moléstias, inalando vapor de líquidos aromatizados e fermentados, absorvido diretamente do bico de uma chaleira, num ambiente fechado.

 Locução Jr

Existem registros de que os gregos já se utilizavam do processo de obtenção do que eles chamavam de acqua ardens. A água que pega fogo e daí se tornando água ardente …

 Locução Bragas

Mas olha que eu descobri, numa leitura daquelas bem direcionada…que os alquimistas tomaram conhecimento da tal da água ardente, e sairam espalhando que a dita cuja tinha propriedades místico-medicinais, batizando de água da vida, e a eau de vie e andaram receitando como elixir da longevidade….Esses são dos meus….

 Locução Jr

Mas foram os árabes que inventaram equipamentos de destilação semelhantes aos de hoje em dia e assim a produção se espalhou pelo Velho e pelo Novo Continente….Na Itália, o destilado de uva fica conhecido como grappa e em terras Germânicas, se destila a partir da cereja o Kirsch;

 Locução Bragas

Mas é o que eu digo …se não fosse coisa boa não se espalhava…e até na antiga tchecoslováquia, o pessoal destila uma fruta parecida com uma amixa, chamada Sleva e fazem a  eslevovitse, sem falar que na Escócia se populariza o whisky, que é destilado da cevada.

 Locução Jr

E aí segue…na Rússia a vodca, de centeio. Na China e no Japão, o saquê, produzido a partir da fermentação do arroz e é frequentemente confundido com uma aguardente devido ao seu elevado teor alcoólico, mas é na verdade um vinho. Portugal também absorve a tecnologia dos árabes e destila, a partir do bagaço de uva, de onde vem o nome de Bagaceira….

 Locução Bragas

Jr…mas antes que a gente se empolgue e também invente algum tipo de cachaça…vamo de música, prá embriagá de emoção esse domingo véio…porque aqui é o Linha Campeira, o teu companheiro de churrasco…

Pai-de-fogo de Anjico

Locuçao Bragas

 Tchê, Jr…isso é a verdadeira emoção da música…e música lembra fandango…e que época buena de se esquentá o pêlo num bailezito bem ajeitado….

Locução Jr

Com toda a certeza…e por falá em esquentá o pêlo, e já que no programa passado falamos assim meio de relancina sobre a importância do fogo, que tu acha da gente atracar mais um pouco de informação sobre o assunto.

Continue lendo »

Bloco campeiro com Lisandro Amaral

Locução Bragas

Jr…e a gente sempre ta incentivando esse povo a contribuir com a gente prá que esse programa véio não desvie da Linha Campeira…e olha só quem nos mandou um texto de muito fundamento…Lisandro Amaral…diretamente de Bagé, lá na fronteira….

 Locução Jr

Mas creedo… e deve ter feito algum frio prá aquele lado, héim meu pai…porque ali o Minuano corre solto por aqueles campos….

 Locução Bragas

Bah! Mas deve ta frio mesmo…porque o Lisandro mandou um texto, justamente relacionado ao inverno…mas uma cosa muito linda…

 Locução Jr

Mas então que tu ta esperando…salta calando!

Continue lendo »

Vinho se confunde com a história da própria civilização

O bloco em que começou a conversa sobre o vinho transcrito assim pra o amigo que acompanha o site do Linha Campeira.

Locução Jr

E a alegria da música é contagiante…como a alegria de saborear um vinho. E esse é um dos temas do programa de hoje… O Vinho…uma das bebidas mais saudáveis e com certeza a mais conhecida do mundo…

Locução Bragas

Falaste muito bem…pois a  história do vinho se confunde com a história da própria civilização e não se sabe quando, exatamente, ele foi criado…mas se tem notícia que pinturas egípcias do século XV a.C. já representavam a uva sendo pisada, embaixo de uma parreira.

Continue lendo »

Filho de Chocadeira

Transcrição do bloco 2 do programa do dia 19/07/2009..

Bloco 02

Locução Jr

Pai, isso é a mais pura manifestação de cultura…música, poesia…que traduzem muita emoção ao povo que acompanha o programa e que se identificam com o universo campeiro….

Continue lendo »

Show de Leonel Gomez em Blumenau

 

Logo Linha Campeira

Logo Linha Campeira

 

Locução Bragas

Filho…e como uma coisa puxa a outra…temos um exemplo dessa convivência de culturas gaúcha e alemã, onde o Linha Campeira e o CPR Stamptish, numa parceria de fundamento estão organizando um show que irá trazer até Blumenau, um dos maiores gaiteiros, compositor e arranjador…Leonel Gomez…juntamente com outro monstro da música gaúcha o Juliano Gomes….

Continue lendo »

Sapecada

Locução Bragas

Filho, eu ainda não ouvi as músicas classificadas para a sapecada mas a julgar pelos nomes dos autores e intérpretes envolvidos vai sê uma carreira e tanto…

Locução Jr

E só prá lembrar que as dezoito músicas que anunciamos agora irão pro CD. E assim que a gente tiver o resultado estaremos divulgando aqui no Linha Campeira….

Continue lendo »

Mandiocaço

É a música campeira pedindo cancha e alegrando os gaúchos de todas as querências. É a exaltação do gauchismo e do apego pelas coisas simples do pago.

E tivemos mais outro evento do qual não tivemos condições de participar, por motivo de outros compromissos, mas que recebemos um relatório de outro correspondente voluntário para assuntos campeiros, o nosso parceiro João Jerônimo.

Continue lendo »