Por Legítimos Direitos é a Música Tema de 2010

A escolha da Música Tema da Semana Farroupilha de 2010 foi realizada no dia 19 de março, sexta-feira, durante a 22ª Festa Campeira do Rio Grande do Sul (Fecars). Entre as músicas inscritas, a vencedora foi "Por Legítimos Direitos", com letra de Gustavo Pezzoni Fighera e música de Gustavo e Clóvis Frozza. A letra está disponível no link Semana Farroupilha/Canção Tema.
Fonte: IGTF

Anúncios

Começam os trabalhos para a Semana Farroupilha 2010

O presidente do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, Manoelito Savaris, foi eleito presidente da Comissão Organizadora dos Festejos Farroupilhas 2010, hoje, em reunião realizada na sede da instituição, em Porto Alegre. A presidência da Comissão deve ser eleita pelos integrantes da própria equipe, formada pelas Secretarias de Estado da Cultura, do Turismo, Esporte e Lazer, da Educação, Movimento Tradicionalista Gaúcho, IGTF, Brigada Militar e Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS).

“Farroupilhas: Ideais, Cidadania e Revolução”, tema a ser adotado em 2010, irá buscar trabalhar a revolução sob estes três aspectos: seus ideais, explorando os motivos que levaram os farroupilhas a se posicionarem contrariamente ao Império; a cidadania, apresentando a vida dos farroupilhas enquanto cidadãos, com famílias, propriedades, direitos e deveres civis, entre outros pontos; e a revolução, mostrando a movimentação das tropas no território gaúcho, destacando a vida nas três capitais farroupilhas.

O acendimento da Chama Crioula, evento que marca o início das comemorações em todo o Rio Grande do Sul, acontecerá dia 14 de agosto, em Itaqui.
Fonte: IGTF

Wagner Rossi assumirá o Ministério da Agricultura

Rossi foi deputado por São Paulo e é o atual presidente da Conab<br /><b>Crédito: </b> marcello casal jr / cp memória
Rossi foi deputado por São Paulo e é o atual presidente da Conab
Crédito: marcello casal jr / cp memória

O presidente da Conab, Wagner Rossi, assumirá a linha de frente do agronegócio nacional. O dirigente será empossado hoje ministro da Agricultura, em substituição a Reinhold Stephanes, que anunciou seu desligamento oficialmente ontem. A decisão foi comunicada logo após reunião com o presidente Lula em Brasília. A posse está marcada para às 11h30min no Centro Cultural Banco do Brasil. À transmissão de cargo será às 14h30min na Embrapa. Rossi é de Ribeirão Preto (SP), foi deputado por cinco legislaturas e assumiu em junho de 2007 a Conab.

Fonte: CP

De Teixeirinha aos dias de hoje

De Teixeirinha aos dias de hoje

Mônica Boeira
Foto: Nilton Santolin
Nilton Santolin

Por Mônica Boeira

Se traçássemos uma linha do tempo, para descrever a evolução da música gaúcha, desde 1960, 70, 80, 90, muita coisa se escreveria, e inúmeros nomes figurariam nessa lista. O que se pode afirmar é que houve evolução, crescimento. Surgiram eventos que mais tarde seriam incubadoras de talentos, e muitos desses eventos já não existem mais. Aliás, hoje se questiona a validade de alguns episódios. Os festivais são uma página na nossa história que gera polêmicas, controvérsias e intrigas. Mas em contrapartida, vem dos festivais o que o público mais gosta: novas músicas, outros interpretes. Uma lufada de novidades, passando pelo modo de tocar, até mesmo pelo jeito de vestir. Mudança esta algumas vezes bem vinda, outras escorraçada. De toda forma, continuam a movimentar a manivela do tempo, com relação à história da música no Estado.

Em meio a febre da MPB, de Chico e Tom, ou da efervescência do rock’n roll delicado dos Mutantes, e da novidade ¨mó brasa¨ que Roberto e Erasmo cantavam, Teixeirinha descobriu que se podia fazer música aqui. Foi além e movimentou um pólo cultural, onde discos, shows e até mesmo filmes, desenvolveram a história da Capital e do interior do Rio Grande do Sul, levando essa nova música para todo Brasil. Usava sim, o lenço vermelho no pescoço. A bota e a bombacha era motivo de orgulho.

Nossos artistas usam a bombacha, a bota e mesmo o chapéu. Mas acredite, não por uma cartilha, um manual que dita regras e inventa condições para que se escreva a história da música gaúcha. Mas porque como dizia o poeta, ao vestir uma bombacha, usar um lenço no pescoço, mantemos viva a herança cultural que nossos pais trouxeram. Passarinho já cantava: ¨é pra que digam quando eu passe, saiu igualzito ao pai¨. É muito provável que este orgulho entranhado na grandeza de vestir uma bombacha, ou de cantar pilchado tenha mais explicações sentimentais, embasadas no bairrismo do gaúcho, afinal somos aquele povo, conhecido no resto do País, que sabe cantar o Hino do Estado, além do Hino do Brasil. É a raça gaúcha, que imprime uma força indescritível a tudo aquilo que se faz. Inclusive deixa essa marca na música quando um artista sobe ao palco muito bem pilchado, defendendo sua arte e toda evolução nela contida.

O MTG movimenta e dita as regras dentro dos CTG’s. O que se faz aqui fora é por conta e risco de cada um, e as influências de um mundo globalizado podem ser vistas na pilcha também. Alguns trazem com orgulho a bombacha castelhana. Outros preferem a conhecida por seus favos e muitos panos. Agora isso realmente importa na música que se faz? Tenho certeza que não.

No mundo do imediato, da internet e da rapidez de um clique, a música gaúcha já foi reconhecida até mesmo em premiações do centro do País, como o famoso Prêmio TIM da Música Brasileira, em 2008. A categoria melhor dupla regional foi conquistada pelo trabalho de dois gaúchos. César Oliveira e Rogério Melo.

Antes de surgirem afirmativas como ¨a música gaúcha torna-se intragável para um adolescente esclarecido¨ ou ¨que essas diferenças não são cristalinas ao público¨ ou se uma polêmica instaurada pelos cantos virtuais e meios de comunicação, é apenas resultado de ¨poucos que, adulterando a frase, se apressaram em amesquinhar o tema são os interessados de sempre em insuflar a defesa da “valorosa honra do Rio Grande”, e dela extrair audiência e patrocínio. Talvez esteja aí o melhor exemplo do que é realmente difícil de engolir¨.

Afirmo que difícil de engolir são os pontos de vista embasados em teorias preconceituosas, repletos de desconhecimento de causa, e muito provavelmente pontilhados de uma inveja, de alguém que nunca na vida teve o orgulho de vestir uma bombacha, sem ser apontado como uma caricatura de algo que realmente não é – uma alma livre. Um gaúcho!

Para finalizar, quem eu sou?

Antes de tudo, alguém que busca o esclarecimento. Um ser em evolução, ou que a princípio, busca essa evolução. Sou gaúcha. Sou porto alegrense. Sou Assessora de imprensa e radialista. Ah, também sou voluntária da Fundação Vitor Mateus Teixeira. Sou apaixonada por música. Trabalho e vivo para elevar a cultura e o folclore do Rio Grande do Sul.

Greve na Argentina bloqueia embarques

A greve de trabalhadores portuários impediu o embarque de grãos e óleos vegetais ontem no polo agroindustrial de Rosário, o mais importante da Argentina. Os grevistas exigem melhores condições econômicas, diante da perspectiva de uma colheita agrícola formidável. A greve começou há uma semana, mas se ampliou ao se estender aos sete maiores terminais, em particular aos de soja. As exportações argentinas de grãos, subprodutos, óleos e biodiesel para esta safra devem somar 22,099 bilhões de dólares.
Fonte: CP

PAC 2 injeta recurso na agricultura

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou ontem, nova prorrogação do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), que valerá até dezembro. A medida, que integra a segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), permite a compra de máquinas e implementos agrícolas com juros de 4,5% ao ano. Lançada em julho do ano passado, a linha passa a contar com R$ 80 bilhões até dezembro de 2010. "É um dos programas mais bem-sucedidos e tem estimulado fortemente a compra de máquinas e equipamentos para a realização de investimentos a um custo reduzido", disse Mantega. O PSI sustentou a retomada das vendas de máquinas e implementos no começo deste ano, assim como o Mais Alimentos fez ao longo de 2009.

A prorrogação foi comemorada pelo presidente do Simers, Claudio Bier. "O que está nos dando fôlego é o PSI. O pessoal está animado o programa vai ser responsável pelo nosso ano", avalia. Ele pondera, no entanto, que com a notícia da prorrogação, é normal que os compradores segurem as aquisições.

O PAC 2 também contempla R$ 11,2 bilhões para o setor de fertilizantes. O objetivo é reduzir a dependência do insumo importado e, consequentemente, os custos.
Fonte: CP

LA CAMPANA PUB

Buenas gauchada,

achei um registro da passagem do Ranieri por Balneário Camboriú, na volta que ele tocou lá no La Campana.

Blog de rainerispohr :'Por Campo e Galpões', LA CAMPANA PUB

QUE LUGAR AJEITADO !!!

EM FRENTE PRA A AGUA ( BALNEÁRIO CAMBURIÚ SC )!!

ONDE THALISON ( PROPRIETÁRIO) CONSERVA TRADIÇÃO DO PÔR AO NASCER DO SOL!!!

GUSTAVO OLIVEIRA VIOLÃO , RICARDO COMASSETO CORDEONA, E EU , E AQUELE DE VERDE O TIO DO SOM .(rsrsrsrsrs).

GRANDE ABRAÇO AO AMIGO E ATE BREVE.

Fonte: http://rainerispohr.musicblog.com.br/

Chiripá

Locução Jr

E recebemos um questionamento do amigo e ouvinte do programa, D. Hermano, sobre o uso do Chiripá. Vamos responder a pergunta?….

Locução Bragas

Mas com todo o prazer. Em primeiro lugar agradecendo o amigo D. Hermano pela participação.

Bueno, prá responder a pergunta, acho interessante a gente fazer uma abordagem histórica, prá situar…Isso eu deixo prá ti.

Locução Jr

Tudo começou quando os Bandeirantes Paulistas atacaram as reduções jesuíticas no Paraguai, obrigando os mesmos a fugirem para o no Rio Grande do Sul a partir de 1626. Com a fundação da redução “San Nicolas”, na chamada Zona do Tape, o agrupamento de várias tribos Guaranis das Missões, dificultou para os padres a convencerem os índios a usar roupa…

Locução Bragas

Imagina…a indiada toda pelada e os padres tentando zelar pela moral, pois eram cobrados pelos eclesiásticos europeus que impunham regras de catequização. Segundo eles, tal costume favorecia a prostituição entre eles e os brancos, que já estavam em bom número no Continente de São Pedro….

Locução Jr

A preocupação dos Jesuítas em vestir os indígenas, levou-os a ensiná-los a tecer pequenas peças de algodão e de lã. A primeira peça a ser executada foi o Chiripá ou “El Txiripá” que na língua dos “Quíchuas” chamava-se de “Chiri Pac” que quer dizer “saia para o frio”.

Locução Bragas

O chiripá é uma espécie de fralda de um simples pano de algodão de forma retangular, enrolado na cintura até os joelhos, presa por uma faixa à cintura. Esse tipo de Chiripá indígena, foi muito usado pelos índios Missioneiros, Guaranis, Jaros, Charruas e Minuanos.

Locução Jr

O Chiripá foi muito usado até o ano de 1865, quando surgiu a bombacha de origem Turca, trazida pelos Europeus. Mas isso já outra história….. Em nossos dias há pouco uso do Chiripá na vida cotidiana. A maior presença está nas apresentações artísticas de Grupos de Danças Folclóricas.

Locução Bragas

Só prá complementar: nos tempos das reduções, as índias usavam um “Tipoy” espécie de camisa comprida, até abaixo dos joelhos, formada de dois panos, costurados nos lados e com abertura para os braços e cabeça e um cordão atado na cintura.

Locução Jr

Ta aí a explicação completa a respeito do chiripá. E já tamo de goela seca de tanto falá. Vamo toma uns mate enquanto escutamos umas músicas…Linha Campeira…o teu companheiro de Churrasco….

Linha Campeira do dia 28/03/2010

Linha Campeira

Buenas Gauchada,
     mais um programa com uma seleção musical de primeira, com versões originais de músicas consagradas, que muitas pessoas conhecem só as regravações.
    Vale a pena conferir!
    Clique aqui e ouça o programa.
    Um abraço.
Leonel Furtado

“Narrador de rodeio” poderá ser profissão

Na coluna de Rosane de Oliveira, em Zero Hora, 21 de Março:

O projeto que regulamenta profissão de narrador de rodeios, redigido pelo deputado Pompeo de Mattos a pedido de Paulo Azeredo, está atrasado no Congresso em relação a outras categorias do mesmo nível.

Em janeiro deste ano, foi sancionada pelo presidente Lula e pelo ministro do Trabalho, Carlos Lupi, a lei 12.198, que dispõe sobre a profissão de repentista. Na mesma fornada, o Congresso aprovou e Lula sancionou a lei 12.206, que institui o Dia Nacional da Baiana do Acarajé.

Para quem quiser comemorar, o dia é 25 de novembro.

Nota do blog: ou seja, se Lula sanciou lei criando a profissão de repentista, então, poderemos também ter uma lei criando a profissão de trovador, declamador?

Fonte: Blog Roda de Chimarrão

Fotos do Lançamento do CD Pé no Estribo em Porto Alegre

Aconteceu na noite de ontem, 22/03, o show de lançamento do CD "Pé no Estribo", de Cristiano Quevedo.
Antes do show Cristiano Quevedo recepcionou amigos, colegas de trabalho, familiares e admiradores do seu trabalho em um coquetel nas dependências do Teatro Dante Barone, local do show.
Como era de se esperar, o público presente pode assistir a um show emocionante. Cristiano teve a alegria de receber os amigos Shana Müller, Érlon Péricles e Ângelo Franco para dividir o palco na música Vida Gineta, além de César Oliveira e Rogério Melo qua cantaram "Largando pra Fronteira".
Confira abaixo algumas fotos e em breve assista a vídeos no youtube.

DSC09932.JPGDSC09925.JPG
DSC09958.JPG DSC09968.JPGDSC09966.JPGDSC09960.JPG

País ganha novo sistema de venda de gado

Modelo lançado pela BBM de depósito antecipado confere maior segurança a pecuaristas e frigoríficos brasileiros

Indústria só poderá retirar gado da fazenda se 90% do valor do negócio estiver na conta de liquidação da BBM<br /><b>Crédito: </b> paulo pires / cp memória Indústria só poderá retirar gado da fazenda se 90% do valor do negócio estiver na conta de liquidação da BBM
Crédito: paulo pires / cp memória

PATRICIA MEIRA | pmeira

A Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBM) oferece ao mercado um novo sistema eletrônico de venda de gado bovino. A Bolsa de Carnes do Brasil busca garantir maior confiança no setor ao criar um modelo de depósito antecipado, o que pode reduzir riscos e conflitos no segmento. O mecanismo, já em operação no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Goiás, promete vantagens a pecuaristas e industriais. Além disso, deve ampliar os negócios de futuros na BM&F Bovespa, controladora da BBM. O sistema deve ser lançado no Rio Grande do Sul ainda neste mês. As operações poderão ser feitas apenas por meio de corretores credenciados pela bolsa.

O novo modelo deve dar mais segurança de recebimento a pecuaristas em caso de problemas financeiros nos frigoríficos, como os ocorridos no ano passado quando produtores foram prejudicados por processos de recuperação judicial. Às indústrias, o sistema dá regularidade de oferta, permite melhorar a organização da escala de abate e a capacidade industrial. A bolsa deve se tornar elo entre o mercado físico e o de opções e futuros.

Pela modalidade, cada operação custará 0,5% sobre o valor total, sem taxa de corretagem. De acordo com Edilson Martins de Alcântara, assessor de Novos Produtos da BBM, o pecuarista fixará o preço do boi ofertado. Ao frigorífico caberá se posicionar no mercado futuro. Ele explica que a indústria só poderá retirar o gado da fazenda se 90% do valor do negócio em Bolsa estiver na conta de liquidação da BBM três dias antes do embarque, que também é responsabilidade do comprador. Se algum animal morrer no caminho, a indústria tem de pagar pela média do lote. Para que a iniciativa deslanche, a bolsa está fazendo um trabalho junto às federações estaduais de agricultura. "Estamos otimistas em relação à adesão, pois são operações que dão tranquilidade de oferta ao frigorífico e garantia de recebimento ao produtor."

No Rio Grande do Sul, integrantes da cadeira produtiva consideram o sistema interessante, mas têm dúvidas quanto à adesão. O presidente do Sicadergs, Ronei Lauxen, lembra que a pecuária gaúcha tem peculiaridades em relação a outros estados que podem dificultar esse tipo de negociação, como escalas menores e diversidade de raças. "A compra de gado no Rio Grande do Sul é muito em cima da vistoria dos animais nas propriedades", explica Lauxen. Já o consultor técnico da Farsul Fernando Adauto acrescenta o baixo volume de oferta, a informalidade no abate e questões culturais como fatores que podem frear o uso do sistema. "Pelo aspecto da garantia de preço, a Bolsa é interessante, mas, num primeiro momento, vejo dificuldades de adoção no Estado."

COMO FUNCIONA O MECANISMO

A oferta em leilão, com descrição de características do lotes como raça e peso, ocorre das 10h às 16h com permanência de 30 minutos para posicionamento dos frigoríficos;

Em caso de negócio fechado, o frigorífico tem 10 dias para definir a data de retirada dos animais;

O pagamento deverá ser efetuado três dias úteis antes do recolhimento na propriedade rural, com pagamento de 90% do valor negociado no pregão mais a taxa da Bolsa de 0,5%. Os 10% restantes deverão ser acertados entre as partes no ato da entrega;

Depois de receber o laudo de abate da indústria, a BBM fará o cálculo de liquidação. Se der a menos, a Bolsa devolverá a diferença ao frigorífico. Se der a mais, o ajuste será feito entre pecuarista e indústria.

Fonte: BBM

18ª Sapecada da Canção Nativa – Lages/SC

18ª Sapecada da Canção Nativa – Lages/SC
30, 31 de Maio e 01 de Junho 2010

Classificadas:

1 – PETRIFICADO
Letra: Lizandro Amaral
Musica: Juliano Gomes

Ritmo: Chimarrita
Cidade: Bagé / Porto Alegre – RS

2 – PRA UM BUÇALZITO NO MÁS
Letra: Evair Suares Gomes
Musica: Juliano Gomes
Ritmo: Chamamé
Cidade: Santana do Livramento/ Porto Alegre – RS

3 – SOU EU O GAITEIRO
Letra: Otávio Severo
Musica: Edilberto Bérgamo
Ritmo: Chamamé
Cidade: Dom Pedrito/ São Gabriel – RS

4 – DO PASO AO RINCÃO DA RAIA
Letra: Diego Muller
Musica: Érlon Péricles

Ritmo: Queromana Tropeira
Cidade: Porto Alegre/ Canoas – RS

5 – TEMPO ESCRITO
Letra: Lizandro Amaral
Musica: Cristian Camargo
Ritmo: Milonga
Cidade: Bagé/ Candiota – RS

6 – ATÉ O FIM DOS MEUS DIAS

Letra: Eduardo Munõz e Helvio Luis Casalinho
Musica: Raineri Spohr
Ritmo: Milonga
Cidade: Pelotas – RS

7 – UM TANGO COM A LUA
Letra: Helvio Luis Casalinho e Márcio Nunes Corrêa
Musica: Raineri Spohr

Ritmo: Tango
Cidade: Pelotas – RS

8 – CARTA À QUERÊNCIA
Letra: Xirú Antunes e Maurício Raupp Martins
Musica: Paulo Tim
Ritmo: Milonga
Cidade: Pelotas/ São Lourenço/Jaguarão – RS

9 – JESUS MARIA

Letra: Rui Carlos Ávila
Musica: Rui Carlos Ávila
Ritmo: Zamba
Cidade: Pelotas – RS

10 – SE UM DIA EU ME FOR
Letra: Gujo Teixeira
Musica: Jarí Terres e Everson Maré
Ritmo: Milonga
Cidade: Lavras do Sul/ Pelotas – RS

11 – UM TAL DE CRUZ CREDO
Letra: Elton Benício Escobar Saldanha
Musica: Elton Benício Escobar Saldanha
Ritmo: Milonga
Cidade: Porto Alegre -RS

12 – SANTO DA GAITA
Letra: Rogério Villagran

Musica: Rogério Villagran
Ritmo: Rasguido Doble
Cidade: São Gabriel – RS

13 – A LOS OJOS DEL RANCHO
Letra: Evair Gomes e Fernando Soares
Musica: Juliano Moreno
Ritmo: Zamba
Cidade: Santana do livramento – RS

14 – RAIO GUACHO
Letra: Ramiro Amorim e Fábio Maciel
Musica: Índio Ribeiro
Ritmo: Milonga
Cidade: Lages/ Bagé/ Lages – SC

15 – PAMPA E FLOR
Letra: Gujo Teixeira
Musica: Roberto Borges

Ritmo: Milonga
Cidade: Pelotas – RS

16 – QUEM SABE NA CRUZ SEM NOME
Letra: Adriano Silva Alves
Musica: Marcelo Oliveira
Ritmo: Rasguido Doble
Cidade: Dom Pedrito/Gravataí – RS

17 – PÁ SALUDAR A MI PUEBLO

Letra: André Oliveira e Jarí Terres
Musica: Jarí Terres
Ritmo: Chacarera
Cidade: São Gabriel – RS

18 – MUDA DE TROPILHA
Letra: Eduardo Soares
Musica: Mauro Moraes
Ritmo: Chamamé
Cidade: Santana do Livramento/ Porto Alegre – RS

Suplentes:

1ª – MEU SOMBREIRO
Letra: Zeca Alves
Música: Érlon Péricles e Elton Saldanha
Ritmo: Milonga
Cidade: Alegrete/ Porto Alegre – RS

2ª – MARCAÇÃO
Letra: Heleno Cardeal
Música: Pedro Guerra

Ritmo: Chacarera
Cidade: Santo Antônio da Patrulha/ Tramandaí –RS

*Giorgia Bianchini Vaz

RONCO DO BUGIO – SÃO FRANCISCO DE PAULA – TRIAGEM

RONCO DO BUGIO – SÃO FRANCISCO DE PAULA – TRIAGEM
28,29 & 30 de MAIO de 2010

1. EMPUNHANDO A BANDEIRA
PAULO MORAES TRENTIN/CRISTIANO M DE SOUZA – NOVO HAMBURGO

2. O RIO GRANDE SEM BUGIO
CELINO LEITECELINO LEITE – CAMAQUÃ

3. TEMPO BALDOSO
TIO NANATO/ZEZINHO FURQUIM – POA

4. ESTRELA BUGIA
EDER OLIVEIRA CASSOLI E LEANDRO BERLESI

5. CANTIGA TERRUNHA DE INVERNIAS SERRANAS
RODRIGO BUENO/MARIO TRESSOLDI – SÃO CHICO/TRAMANDAÍ

6. CAMPEIRO SERRANO
AIRTON COSTA/RAUL QUIROGA –

*7. SINFONIA CAMPEIRA
RAMIRO AMORIM/JONES ANDREI VIEIRA – LAJES SC

8. COM O BUGIO NO CORAÇÃO
CHICO SAGA – TRAMANDAÍ

9 . NA TRAMA DO PALA

RAMIRO AMORIM E VITOR AMORIM – Lajes SC

10. INVERNO E SOLIDÃO
GUILHERME SUMAN,THIAGO SUMAN & ZECA ALVES/ARISON MARTINS
POA/SÃO VICENTE DO SUL

11. RELÍQUIAS DE UM MARAGATO
EDER OLIVEIRA CASSOLI/RONNALDO MOURA – POA

12. VOLTANDO PRA SERRA
ÉRLON PÉRICLES- POA

Do Glógue do Pirisca

O Jaguarão

jaguaro.jpg

Não poderia faltar o Pai dos Jaguara.

Adidos negociam vendas de carnes

Adidos agrícolas selecionados pelo governo para atuar no exterior se reuniram ontem, em São Paulo, com exportadores de carne bovina, suína e de frango para conhecer as prioridades de cada setor. Existe hoje um mercado de aproximadamente 20 bilhões de dólares fechado para o país devido a barreiras sanitárias difíceis de serem questionadas na OMC. "A abertura de mercados que estão fechados por questões sanitárias exige muita diplomacia e insistência. Essa é a grande vantagem de ter um adido agrícola", afirmou o secretário de Relações Internacionais do Mapa, Célio Porto.

Novas fotos da gravação de “Cantiga para meu Chão”

Conforme informamos anteriormente, César e Rogério estão em estúdio gravando o nono CD da carreira. O disco, que se chamará "Cantiga para o meu Chão", terá 15 faixas, entre elas duas regravações do folclore argentino.

O disco tem a produção de Rogério Melo e Marcello Caminha e a a direção artística de César Oliveira.
Agora, disponibilizamos algumas fotos das gravações na área de multimídia do site. Confira!
Fonte: Site Oficial de Cesar e Rogério

Aniversário do João Gaiteiro

Gauchada, me permitam a homenagem a dois aniversariantes da maior importância.

Dia 20 de Março foram os aniversários da minha queria mamãe, Camila Alencastro Paes, e do nosso gaiteiro João Jerônimo Felix Jr., aos quais comemoramos com um assado e um chopp daqueles.

Muitas felicidades, vocês são fantásticos!
Segue uma foto do João na hora da Botoneira…

Repassando

Sexta-feira é dia de trazer algo do Blogué do Pirisca aqui pra o site do Linha Campeira.
Gostei das novidades e até da dica dos violões lá na minha terra natal.

Abraço,
Leonel Furtado

******************************************************************

Fonte: http://www.pirisca.com/

Um fim de semana com os colegas é diversão na certa.
Mas, as vezes, sobra tempo para o Trabalho.

Aproveito e repasso algumas dicas que recebi nesse Reponte:
repasse.jpg

Palmeira das Missões espera todo o planeta para os 25 anos do Carijo da Canção Gaúcha de 27 a 30 de maio. Isncrições abertas até13 de Abril.
Para o 1º lugar 5 conto. Ainda por cima, tem show do Buenas, vamo!?!

Meu parceiro Gujo Teixeira traz ao mercado “gauchada” com 17 faixas de sua ótima poesia, interpretada por Marenco, Lelé, Quevedo, Franco, Marcelo Oliveira, Zé Claudio, Joca, Marco Aurélio, Guto Teixeira, Niltão, Jari, Lambari, Léo Paim, Buenas, Bachieri e, claro…este humilde cantador que vos blóga, rachando as costas em “Muchas Gracias” na faixa 2. Dá licença!

Meu querido Amigo e Colega, de Santa Catarina, Ricardo Porto, também está com trabalho novo. O CD acústico “No Tempo das Casa Véia” é um lançamento da Mega Tchê Dsicos e traz 15 canções bem gaúchas com a bela e potente voz do Portinho. Sucesso meu Irmão, de coração!

Fica aqui também a dica de uma janta de gabarito, com preço saboroso e um entrecot de comer ajoelhado. Girasoles (restaurant – pizzeria),
fica na Sarandi 851, Plaza Flores – em Rivera, Uruguay.

A Sopranos music shop do meu Amigo Juan Pedro, que é o revendedor Godin, está fazendo um chek-up nos meus violões. (meus é ótimo).
Rua dos Andradas, 192. Santana do Livramento. Fone: (55) 3242.3238.

Não posso deixar de citar as fotos da belíssima…digo, as belíssimas fotos da fotógrafa Andressa Barros que está radicada em POA buscando mercado.

(A foto abaixo estava em exposição no Hall da Fama do Reponte)
4437404319_bd490cb530.jpg
(Clic na foto e saiba mais)

Erlon Péricles lança página na Internet

Segue abaixo a mensagem do Erlon.
Vale a pena conferir e acompanhar o site e o blog desse gaúcho que traz a tradição na voz e na poesia.
Parabéns Erlon.
Sucesso!

Aquele abraço a todos!
Leonel Furtado

OLÁ AMIGOS DA INTERNET
CONVIDO VOCÊS A VISITAREM MEU
SITE E BLOG conforme os links abaixo:

www.erlonpericles.com.br
www.erlonpericles.blogspot.com

um abraço bem gaúcho
ÉRLON PÉRICLES

« Older entries